Pesquisa
×
false

Cinco elementos-chave da aprendizagem personalizada

Junto com conceitos como aprendizagem híbrida, aprendizagem adaptativa e aprendizagem virtual, surgiu a necessidade de se focar no personagem principal do processo de aprendizagem. Foi assim que a aprendizagem personalizada se tornou a chave para cada nova abordagem de aprendizagem e ensino.

A aprendizagem personalizada é criada para todos os alunos, independentemente do nível acadêmico ou da idade, ajudando-os a alcançar seu potencial, despertando sua motivação interna e impulso pessoal e desenvolvendo todas as habilidades necessárias para dominar a resolução de problemas e tomar as rédeas da sua própria aprendizagem.

A aprendizagem personalizada dá aos alunos a responsabilidade pelo seu processo de aprendizagem, incentivando-os a controlar e se apropriar de sua própria educação, oferecendo flexibilidade e assimilação individualizada de conteúdo acadêmico ao longo do processo.

Cinco elementos-chave da aprendizagem personalizada

Uma pesquisa da Alliance for Excellent Education concluiu que 79% dos pais e 73% dos professores não concordam com a abordagem de tamanho único à educação que as escolas ainda têm hoje em dia. Devido a evidências claras de melhorias nos resultados de testes de matemática e leitura em escolas que mudaram sua abordagem para a aprendizagem personalizada, 71% dos pais e 77% dos professores se sentiriam confortáveis com a mudança.

Existem alguns exemplos de escolas que seguem uma abordagem personalizada à educação, mas tiveram que adaptá-la às suas circunstâncias específicas. Aqui estão alguns exemplos:

  • Abordagem com base em competências, em que os alunos progridem em seu próprio ritmo, dominando conceitos-chave em vez de aprenderem estritamente em sala de aula.
  • Abordagem interdisciplinar direcionada ao aluno, através de projetos com o objetivo de desenvolver o pensamento crítico e a colaboração.
  • Uma mistura das duas abordagens mencionadas acima, segundo um conteúdo acadêmico rigoroso e a aprendizagem baseada no trabalho.
  • Uma abordagem centrada no aluno usando dados personalizados para identificar lacunas no conhecimento e possibilitar uma aprendizagem mais autônoma.

A base comum de todas as abordagens de aprendizagem personalizada é a relação entre professor e aluno solidificada na confiança, que ajuda os alunos a progredir em seu próprio ritmo, refletindo sobre seus pontos fortes e fracos, e a flexibilidade e aplicabilidade do processo de aprendizagem na vida real.

Existem cinco elementos-chave da aprendizagem personalizada, cada um de grande importância individualmente, mas de valor ainda maior como parte da abordagem como um todo.

  1. Iniciativa do aluno

    Propriedade, iniciativa ou controle são as palavras usadas para se referir à ação de os alunos assumirem a responsabilidade pela própria aprendizagem. Ao fazerem isso, eles tornam-se conscientes de seus pontos fortes e fracos e podem subir de nível de ensino nas habilidades dominadas, mas também reforçar as habilidades que ainda não têm.

    Iniciativa significa que os alunos estão no controle e são participantes ativos em seu próprio processo de aprendizagem, e é por isso que o conhecimento é mais bem assimilado, de acordo com teóricos como Piaget e Dewey. Os professores simplesmente facilitam a aquisição do conteúdo, enquanto os alunos o internalizam e também o possuem.

    Fornecer espaços para os alunos se expressarem, como blogs, comunidades on-line seguras no LMS ou o uso de ferramentas de tecnologia com as quais eles estão tão familiarizados para criar seu próprio conteúdo, diários de fotos e vídeos, e também para que eles deixem e recebam feedback para/de colegas resulta em melhores níveis de êxito pessoal, maior participação nas aulas, melhor preparação e autoconhecimento, bem como na diminuição de problemas comportamentais.

  2. Ambientes de aprendizagem flexíveis

    Infelizmente, a instrução ainda é ministrada em ambientes de aprendizagem tradicionais, com fileiras de carteiras e alunos normalmente voltados para a frente, o que é conhecido por dificultar o processo de aprendizagem.

    Porém, em ambientes de aprendizagem flexíveis, os alunos têm mais controle sobre como eles aprendem, devido a uma disposição de assentos mais flexível e não convencional que atende às necessidades dos alunos e na qual o professor figura mais como facilitador do que como instrutor. Mesas e cadeiras clássicas são substituídas por diferentes peças de mobiliário que podem ser adquiridas com fornecedores consolidados, compradas em lojas de artigos usados ou recebidas como doações.

    Projetar esse espaço com locais para trabalho individual, trabalho colaborativo e para debates e miniaulas dá confiança aos alunos e leva a melhores resultados acadêmicos, melhor interação com os colegas e menos tédio entre os alunos.

  3. Domínio individual

    No centro da aprendizagem personalizada está o aluno e suas necessidades. Em uma época em que os alunos precisam conciliar a vida familiar e profissional com a educação, escolas e plataformas focadas no domínio individual, e não em ensinar para passar nas provas, são cada vez mais necessárias.

    Com módulos independentes projetados como parte de um objetivo de aprendizagem maior, os alunos podem se concentrar em dominar as habilidades, independentemente do tempo, local ou ritmo de aprendizagem permitido para explorar seu potencial. Para isso, os professores precisam oferecer apoio e orientação individualizados, e os alunos precisam de automotivação, determinação, perseverança e iniciativa.

    O conceito de maestria individual ajuda a construir uma base sólida para a educação que eleva seus níveis naturalmente e na qual a única variável é o tempo necessário para os alunos dominarem uma habilidade.

  4. Trilhas de aprendizagem pessoais

    A aprendizagem personalizada envolve o ajuste da instrução ao ritmo de aprendizagem dos alunos para acompanhar a aprendizagem a longo prazo. Isso não é mais um problema, graças aos ambientes virtuais de aprendizagem que ajudam os educadores a criar aulas, avaliar os alunos e adicionar trilhas de aprendizagem individualizadas.

    Um LMS fornece as ferramentas necessárias para que os professores atendam às necessidades dos alunos, personalizando as metas dentro dessas trilhas e criando um ambiente de aprendizagem virtual flexível. Os LMSs também dão aos alunos iniciativa sobre sua própria aprendizagem e permitem que eles se tornem proativos, tendo acesso a ferramentas de autoavaliação, como questionários e pesquisas com feedback instantâneo, bem como um espaço para se expressar e acompanhar seu progresso.

    As trilhas personalizadas adaptam-se a vários estilos de aprendizagem e se concentram em como os alunos experimentam o processo, oferecendo módulos personalizáveis para responder às necessidades individuais de aprendizagem.


    Leia mais: O papel do AVA na concepção de trilhas personalizadas para os alunos
  5. Perfis dos alunos

    Conhecer todos os seus alunos e ajustar o ensino às necessidades deles tornou-se mais fácil graças aos perfis de aprendizagem do LMS, que fornecem dados sobre a evolução da aprendizagem. Perfis de alunos individuais fornecem insights poderosos sobre o progresso, tanto para os professores quanto para os alunos. Ao analisarem o progresso dos alunos, os professores podem criar conteúdo personalizado, atribuir metas individuais e fornecer feedback personalizado, enquanto os alunos podem desenvolver seus pontos fortes, superar seus pontos fracos e seguir seus próprios objetivos e interesses.

    Os LMSs também permitem que os alunos participem dos mesmos grupos de interesse e aprimorem seus conhecimentos. Eles até mesmo permitem que os professores atribuam trabalhos às equipes com base nos interesses comuns dos alunos ou atribuam trabalhos para as quais eles possam solicitar avaliações por parte dos colegas. Isso dá aos alunos uma visão mais clara de seu progresso e incentiva o domínio individual.

Conclusão

A aprendizagem personalizada permite uma parceria entre professor e aluno na qual os alunos têm um papel na tomada de decisões. Professores e alunos projetam em conjunto o currículo e a avaliação. Os professores fornecem um cardápio de opções, enquanto os alunos identificam formas de aprendizagem adequadas às suas necessidades. Os professores ajudam a planejar estratégias de aprendizagem para atender às necessidades dos alunos, e os alunos escolhem temas de acordo com seus interesses e maneiras de mostrar seu conhecimento.

A aprendizagem personalizada gira em torno dos alunos, permitindo que eles organizem sua aprendizagem de acordo com seu próprio tempo, lugar e ritmo. Os alunos cultivam uma mentalidade de crescimento, tomando iniciativa sobre sua própria educação com perseverança e determinação. Ao oferecer oportunidades iguais para o desenvolvimento dos alunos, esse tipo de abordagem promove uma sociedade em contínuo progresso que valoriza a equidade, que deve ser a definição de sucesso.

TABLE OF CONTENTS
f-image t-image pin-image lin-image